Buscar
  • SEBRAE PREVIDÊNCIA

Sebrae Previdência tem desempenho superior à média de todas as classes de Fundos de Previdência

O mês de agosto foi marcado pelo aumento das incertezas para os ativos de riscos brasileiros, que descolaram do movimento de recuperação de preços dos ativos nos mercados internacionais. O período também foi marcado pela decisão dos diretores do Banco Central do Brasil que bateram o martelo pelo corte de 25 pontos-base na taxa básica de juros.


A queda da taxa de juros já era esperada, apesar desse movimento incentivar a busca por ativos de risco, outros fatores tiraram o apetite por risco por parte dos investidores, dos quais destacamos as eleições nos EUA, que se aproximam, e a situação fiscal do Brasil, que tem se deteriorado.


Assim, no mercado local, houve uma desvalorização dos preços dos ativos de risco no mês de agosto. O dólar subiu 5,15%, o Ibovespa caiu 3,44% e o IMA-B caiu 1,80%, refletindo uma piora na percepção do cenário fiscal local.


Em função disso, no acumulado deste ano, se considerarmos todas as classes de Fundos de Previdência, o resultado médio é negativo, conforme demonstrado no estudo da Consultoria Aditus, que contempla 2.038 fundos. Na média de todas as classes de fundos, o retorno é de -0,01%. Os fundos multimercados, que se equiparam a características dos Fundos geridos pelo Sebrae Previdência, apresentaram retorno de 0,10% no ano de 2020, até o mês de agosto.


Acesse aqui e veja no nosso Portal as tabelas com os resultados e mais detalhes.

Posts recentes

Ver tudo

SEBRAE PREVIDÊNCIA
Instituto Sebrae de Seguridade Social

SEPN, Quadra 515, Bloco C, loja 32
1º andar - SEBRAE PREVIDÊNCIA
CEP: 70.770-503 / Brasília, DF

  • Instagram
  • Facebook
  • Spotify - círculo cinza
  • YouTube

CANAIS DE RELACIONAMENTO

(61) 3327-1669 | 8h30 às 18h

Skype (mediante agendamento)

10h às 11h e 15h às 17h

Especial sobre Investimentos 2020 | Sebrae Previdência